Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2016

Oscarizando

Imagem
Em que pese o sono inclemente, não resisto à curiosidade. Bem que a tal premiação do Oscar poderia ser num sábado, com direito a madrugadões festivos, mas não, bota no domingo, e dane-se o acordar cedo no outro dia. Nada que um banho mais friozinho cedo e o café da tia da cozinha não ajeitem...
Me chamaram a atenção dois filmes, muito menos paparicados que a avalanche de seis estatuetas para o pós-apocalíptico "Mad Max", nem a de Leonardo DiCaprio no seu desempenho de "O regresso". 
Primeiro, a estatueta de "Spotlight: Segredos Revelados". Um papel importante das artes é a denúncia, o instigar questionamentos. O filme narra com riqueza de detalhes uma investigação jornalística do jornal Boston Globe, que revelou os abusos sexuais a menores por padres da Igreja Católica. Um tema delicado, bem conduzido pelo filme, esse merece um pacote de pipoca e a atenção presa diante da telona! De quebra, Mark (Bruce Banner) Ruffalo como um dos jornalistas investigado…

pra pensar no ENADE...

Imagem
O pessoal adora falar em "boicotar o ENADE" e sandices do tipo. Mas qual é o papel do ENADE no contexto da educação superior no Brasil?
De acordo com o portal do MEC, o Enade avalia o rendimento dos alunos dos cursos de graduação em relação aos conteúdos aprendidos em sala de aula.Como as 40 questões que compõem o exame se baseiam nas Diretrizes Curriculares Nacionais, que orienta o projeto pedagógico de cada curso no país, o rendimento do estudante evidencia se sua formação contemplou os princípios pedagógicos previstos. 
"As diretrizes são como o fio unindo todas as contas do colar da educação superior. Onde este fio não chega, há grandes chances de os alunos não terem estudado o que os especialistas consideram fundamental”, afirma o diretor de avaliação da educação superior do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Dilvo Ristoff. “É provável que se saiam mal no exame por causa disso". 
Crianças, se alguém ainda acha que pro…

fritando os ovos

O colega e parceiro de SEMAM Chico Grazziotin é o cara que dá uma moralizada na parte de finanças e compras aqui na secretaria, e evita que a gente caia nas armadilhas da má gestão pública, graças a sua competência e conhecimento. Pois o Chico me enviou um link interessante: http://endoftheamericandream.com/archives/cell-phones-are-cooking-our-reproductive-organs-and-causing-an-epidemic-of-cancer . O artigo fala sobre o impacto do mero hábito de colocar o telefone celular no bolso em relação à fertilidade masculina. 

Bom, qualquer um/a que teve Histologia e/ou Anatomia comigo lembrará que os testículos do homem (redundante, mas enfim...) ficam do lado de fora do corpo por uma simples razão: o processo de espermatogênese e espermiogênese necessitam de temperaturas um pouquinho inferiores às do resto do corpo. Qualquer pessoa que tem cão do sexo masculino deve ter visto o jeitão que fica a bolsa escrotal do peludo no verão, aquela coisa quase pendular, bem solta. Qualquer um que já botou…

sobre a (de)formação acadêmica

Uma das coisas que mais me deixa indignado com o ensino, e em especial com o ensino superior particular, é aquela mania triste que os coordenadores e coordenadoras tem de achar que as disciplinas básicas podem ser ministradas "por qualquer um". 
Mentira.
Eu tenho formação na área básica das ciências da Saúde, como mestre em Biologia Celular e Estrutural. E olha que meu mestrado não foi no botequim da esquina, foi na UNICAMP, uma instituição respeitada no país, no continente, no mundo. Lá lecionaram ninguém menos que Paulo Freire, Rubem Alves, César Lattes, Marcelo Rubens Paiva, Maria Conceição Tavares, Benedicto Vidal, Aloysio Mercadante, Paulo Renato Souza.. só gente muito qualificada. Tive aula com gente que recebeu título de Professor/a Emérito por aquela casa, tá pensando o quê?
Há muitos bons cursos de pós-graduação que investem em formar quadros especializados na área básica, não só da Saúde, mas de outras tantas carreiras. Sem o conhecimento básico, quer seja de Ana…

dividindo o belo...

Abençoada a voz do ser que canta
Possui a alma irmã do passarinho
Os males dessa vida ela que espanta
Por causa dela um voo se levanta
Quem canta acende a estrela do caminho
Visionário, adivinho

Abençoada a voz do ser que canta
É feito voz de mãe, só faz carinho
E mãe cantar pra filho é coisa santa
É oração que brota na garganta
Quem canta está rezando ali sozinho
Evangelhos, pergaminhos

Canta
Que a força que conduz o ser que canta cria luz
E a luz é tanta que ela deixa o ser suspenso
E quem canta fica imenso
Mas pra essa luz se refletir o ser que escuta tem que ouvir
Em silêncio

Voz, de Sérgio Santos e Paulo César Pinheiro...pra ouvir sempre no link https://www.youtube.com/watch?v=RctlT71VBbU

Suruba em Brasília

"Isso aqui é uma fachada de igreja e fundo de cabaré. É uma suruba isso aqui" (deputado federal Vinícius Gurgel, PR-AP).

Anos depois dos Mamonas Assassinas deixarem o país rindo com a suruba para qual o Manuel fora convidado, não pode ir e mandou sua esposa Maria, foi a vez do ilustre deputado federal Vinícius Gurgel, do PR do Amapá utilizar o referido vocábulo. 
O mais bacaninha da história toda é que o rapaz que comparou a reunião do Conselho de Ética da Câmara Federal a esse tipo de atividade um tanto quanto heterodoxa para a casa do povo (aliás, bota heterodoxa nisso...) é aliado do digníssimo deputado Eduardo Cunha, aquele que preside a Câmara, que está sendo investigado por uma série de tretas, maracutaias e pilantragens, tipo contas na Suíça não declaradas, mentir na CPI da Petrobras e outras coisinhas mais. Cunha é, sabidamente, ligado à Assembleia de Deus. E está fazendo de tudo e um pouco mais para se safar da iminente cassação de mandato e posteriores sanções pena…

Ecos do Eco...

Volta às aulas, o mundo mais pobre sem Umberto Eco. Escritor, semiólogo, bibliófilo, filósofo e homem UMBERTO ECO Eco nasceu em Alessandria , Itália, em 05 de janeiro de 1932 e morreu com a idade de 84 em Milano, Itália, em 19 de janeiro de 2016. 
Foi titular da cadeira de Semiótica e diretor da Escola Superior de Ciências Humanas na Universidade de Bologna. Ensinou temporariamente em Yale, Columbia, Harvard, Toronto e no Collège de France. Umberto Eco foi Presidente da Scuola Superiore di Studi Umanistici, da Universidade de Bolonha . Além disso, ele escreveu uma infinidade de textos acadêmicos, livros e ensaios das crianças.Não é pouca coisa...
São notáveis a coletânea de ensaios As formas do conteúdo (1971) e o livro de grande fôlego Tratado geral de semiótica (1975). Nesses textos, Eco sustenta que o código que nos serve de base para criar e interpretar as mais diversas mensagens de qualquer subcódigo (a literatura, o subcódigo do trânsito, as artes plásticas etc.) deve ser comp…

chorando sobre o leitte por derramar

Deu nos portais: a empresa Ciel, que administra a carreira (?) da cantora Cláudia Leitte (isso, com 2 Ts), acaba de conseguir o aval do Ministério da Cultura para captar, via Lei Rouanet, R$ 356 mil para o lançamento de obra literária. A tal "obra" será, na prática, uma "entrevista exclusiva" com Claudia, letras e partituras dos seus principais sucessos, além de fotos inéditas. A mordida inicial da loira do The Voice era de quinhentão... :P
Como liberaram tanta grana pra láctea criatura? Como diria Brian Griffin, "vou me sentar melhor pra ouvir a história"... O relatório que o ministério aprovou garante de pé junto que "trata-se de uma obra de cunho jornalístico, com entrevista com a artista não só sobre a sua trajetória, mas também impressões sobre o cenário da música nacional e estrangeira". A sumidade dando seus pitacos... ah, tem mais! De acordo com os sábios senhores, "a obra gera, neste sentido, impacto cultural positivo"…

nozes e banguelas...

Definitivamente, aquele ditado tem seus motivos. Deus dá nozes para quem não tem dentes para apreciá-las... fica a meditação...

Sophie Normann: Heeeyy pessoinhas :) Está é minha primeira postage...

Sophie Normann: Heeeyy pessoinhas :) Está é minha primeira postage...: Heeeyy pessoinhas :) Está é minha primeira postagem e vou falar 38 fatos sobre mim: 1- Meu nome completo é Sophia Glüer Normann; 2- Minha ...

Felipe e o Pássaro-roca (ou algo parecido)

Dando continuidade à série, lá vai outro amigo interfaceando realidade e ficção, ainda não sei  até que ponto vai uma ou a outra, em todo caso... Meu nome é Felipe André Rito Rodrigues Aço (sacaram as iniciais?), sou psicólogo, professor, terapeuta, coralista bissexto, pai, marido, filho, irmão, dindo, compadre, tio-avô, ciclista, entre outras tantas "personas". Amo ler, viajar, me exercitar e curtir meus filhos. Sou assumidamente “pé frio” de nascença, desafortunado de história  e azarado por natureza. Na verdade, fui ganhar meu primeiro prêmio na vida  há alguns anos. E o prêmio era “só” uma bolsa de estudos para Nova Zelândia. E foi nessa viagem que topei com uma criatura no mínimo fantástica: a ave que originou a lenda do pássaro-roca e de como quase virei seu jantar.
Tá, você irá achar que fiquei inalando os vapores de vulcão em demasia...até pode ser. Os joelhos estavam inchados pelos quilômetros de bike nas trilhas.. aquela sombra no chão me chamou a atenção de…

dor de corno (ele)fantástica e rodrigueana...

Como diria o compadre João Paulo Aço, "cada coisa..."
Deu no site do Correio do Povo: um elefante selvagem no cio que não convenceu uma fêmea a produzir um Dumbo, pois a mesma preferiu outro trombudo, de maneira quase rodrigueana saiu detonando o que viu (ou não viu) pela frente, e destruiu vários carros no domingo, dia 14/02. O bacaninha é que foi justamente no Dia de São Valentim, o Dia dos Namorados do Hemisfério Norte. A coisa toda rolou em Yunnan, no chamado Vale dos Elefantes Selvagens, uma zona muito turística na qual estes mamíferos vivem em liberdade. 
Cabe lembrar que elefantes selvagens na China são uma raridade: um estudo de 2015 apontou que, naquelas bandas, só 250 paquidermes ainda vivem nas florestas cada vez mais escassas daquele país. O Vale dos Elefantes Selvagens, onde tudo aconteceu, está situado na prefeitura de Xishuangbanna, na fronteira com Mianmar e Laos, uma das áreas de vida selvagem mais ricas (ainda) existentes por aquelas bandas.

O animal,…

pra ouvir música boa de verdade: Vitor Ramil, Estrela, estrela (1981)

Imagem
Esse disco foi feito por um Vitor Ramil gurizão de 18 anos. Um álbum com a participação de Tetê Espíndola e Zizi Possi, parcerias com o mano Kledir (grande poeta, por sinal), com o primo Pery Souza, arranjos cuidadosos de Egberto Gismonti, Wagner Tiso e Luis Avellar...resumindo, um tesão de disco!
A coisa toda começa com "Assim, assim", parceria com Kledir. Uma canção em compasso 12/8, um quaternário composto, verdadeiro requinte estrutural pra quem saca um pouquinho de Teoria Musical. Uma canção que pontua um (novo) re-começo, onde os manos falam em reinvenção da vida. Aliás, essa coisa de se reinventar é própria do Vitor, quando comparamos este trabalho com o "Paixão de V" que foi lançado depois.
Na sequência, "Tribo". A voz única de Tetê Espíndola nos lança numa utopia que lembra a Terra sem Males guaranítica. O universo campestre segue no disco, em "Engenho", cujo arranjo lembra "O que foi feito deverá" do lendário Clube de Esquin…