Postagens

Mostrando postagens de Março, 2016

a propósito...

...alguém se deu conta de que dia é hoje, e, em consequência, que dia será amanhã? Medo... data que mexe com os nervos, ainda mais em tempos nervosos como os atuais....

“O que esses indígenas estão fazendo aqui”?

Nerlei Fidelis, kaingang, estudante de medicina veterinária da UFRGS ouviu essa frase, repleta de ódio, em frente a Casa do Estudante da UFRGAS, onde mora atualmente. Ele pertence ao programa de cotas raciais. Numa noite de sábado, em frente à moradia estudantil da Universidade, em pleno centro da cidade de Porto Alegre, o estudante é brutalmente espancado, possivelmente por outros estudantes da mesma Universidade. Um grupo de estudantes brancos, num ato de truculência, agride o indígena simplesmente por ele ser índio. A coisa toda começou por volta da 1h45. Nerlei foi atacado pelo grupo, que começou a desferir socos e pontapés no estudante. O vídeo da câmera de segurança mostra o momento em que ele cai ao lado de uma lixeira e, mesmo no chão, segue sendo covardemente chutado. Um dos homens segura Nerlei pelas costas, enquanto outros dão chutes nele. Pausa. Hoje mesmo, ouço no rádio que o prof. dr. Jefferson Fernandes assumiu como reitor da Universidade Federal de Roraima (UFRR). Ferna…

Caetano falou...

Não tenho tido saco para assistir televisão aberta. Essa coisa de dar IBOPE pra uma certa rede de conduta pouco recomendável em termos éticos não me seduz. No entanto, o alerta de Caetano Veloso no Altas Horas do Serginho Groissmann me faz pensar. No programa, o compositor comparou a manifestação de maior adesão, realizada no último domingo, 13/03, com a Marcha da Família com Deus pela Liberdade, realizada antes da Ditadura Militar no Brasil, instaurada em 1964. Nas palavras de Caetano, "a manifestação de domingo, para mim, não foi suficientemente diferente da passeata da Família com Deus, que apoiou o golpe de 64".
Vamos rever a História pra entender a coisa toda. O nome de "Marcha da Família com Deus pela Liberdade" foi dado a uma série de manifestações públicas ocorridas entre 19 de março e 8 de junho de 1964, em resposta a uma suposta ameaça comunista representada pelo discurso no famoso Comício da Central do Brasil, realizado pelo então presidente João G…

nem a guerra pode roubar o sonho!

Imagem
Deu na Folha: http://www1.folha.uol.com.br/folhinha/2016/03/1752937-projeto-fotografa-meninas-sirias-vestidas-de-princesas.shtml . Um projeto denominado Once upon a War, do artista sírio Saint Hoax, levou meninas sírias refugiadas a envergar a fantasia de suas princesas favoritas dos desenhos animados da Disney, dividindo seus sonhos.
Em meio à precária situação do campo de refugiados, a alegria das meninas vestidas como Elza, Branca de Neve e outras ícones das meninas é a mesma que minha Clarinha tem ao usar as fantasias das princesas, ou assistindo-as na televisão. É a mesma que Sophia demonstrava, quando tinha a idade de Clarinha. É a mesma que as meninas, algumas relatando que nunca haviam sido fotografadas na vida, apresentaram.
As guerras, exemplo máximo da imbecilidade humana, quebram famílias, sonhos, vidas, a infância. A vida de refugiadinhos é dura. Ter que sair de suas casas, abandonar vidas, parentes, amiguinhos, para poder sobreviver à idiotice dos adultos é duro para os…

recomendo a leitura!!

Pra galera que, como eu, não se mixa pro idioma inglês pra ter boa informação, lá vai um link de uma matéria do portal The Intercept, escrita por Glenn Grenwald, David Miranda e Andrew Fishman sobre a crise no Brasil. O título:O Brasil está sendo Engolido pela Corrupção — e por uma Perigosa Subversão da Democracia . Excelente!!!

O link: https://theintercept.com/2016/03/18/brazil-is-engulfed-by-ruling-class-corruption-and-a-dangerous-subversion-of-democracy/

Boa leitura e boa reflexão!

Botelho pra fora esse cara!!!

O musical é bom. Eu tenho a trilha do mesmo, produção bem cuidada, bom preparo vocal. Tá, não o assisti presencialmente, mas a trilha me acompanha a bordo na estrada, é parte de meu setlist do tocador de CDs do carro. E é Chico Buarque pra teatro, onde temos boa parte do filezão de sua obra musical. Ópera do Malandro, Calabar, Roda Viva, verdadeiras pérolas foram compostas para as peças de Chico e seus parceiros.
Acontece que os tempos da delicadeza cada vez mais se afastam de nós, e a coisa tá mais pra Duran que pra Teresinha. E eis que, num sábado de noite, em Belzonte, o sr. Cláudio Botelho, diretor e produtor do musical "Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 minutos" resolve ser engraçadinho, e num ato de caitituagem explícita, resolve chamar a presidenta de ladra e o ex-presidente-ex-atual-ex(depende da liminar de plantão) ministro-chefe da Casa Civil do mesmo adjetivo.
Vamos combinar, que Chico Buarque não tem entre a coxinhagem militante fãs declarados. E que quem…

Stanislau...fazes falta!!

A coisa anda tomando uma proporção nesse lado do Atlântico que nem em seus momentos de delírio mais alucinado o falecido e saudoso Sérgio Porto iria prever... O autor do FEBEAPÁ certamente teria farto material hoje para suas divertidas crônicas, que fazem falta para mostrar que o rei, a rainha e toda a corte anda peladona, de mão no bolso.
Começa com essa celeuma do grelo duro. Lula se referiu à ala feminista do seu partido como "mulheres de grelo duro". Bom, até onde este humilde biólogo sabe, quando ocorre influxo de sangue arterial, com aumento na pressão intracavernosa e intumescimento clitoridiano, há extrusão da glande do clitóris, a qual fica mais exposta, denotando grande sensibilidade tátil. Em português, prenúncio de atividade sexual da melhor qualidade para ambas as partes, noite (ou a hora do dia que for) feliz... Ou seja, não dá pra usar como análogo ao velho "aquilo roxo" que um certo ex-presidente, ex-PTB, ex-comungado, ex-croto proferiu em algum lu…

...em tempos de impeachment

A tal de Comissão do Impeachment parece aquela Legião do Mal das velhas aventuras dos Superamigos, que a gente via nos anos 70. Tá, como diria ao coleguinha de faculdade Lucas, véio é o raio que o parta! Mas vamos lá. Ver Maluf, Paulinho da Força e outros na mesma comissão me faz perguntar a que horas o Gorila Grood, Coringa, Duende Verde e dr. Octopus vão se somar à estranha equipe.
O bacaninha é que, para julgar o tal pedido, de toda essa turba, 40 deputados receberam dinheiro de empresas investigadas ou de suas subsidiárias durante a campanha de 2014. O mais abonado é o ilustre deputado baiano Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), que abiscoitou a bagatela de R$ 732 mil. Aliás, o dr. Vieira Lima é a favor do impeachment da presidente...
Tentando manter um certo grau de imparcialidade, vamos cascudear os ilustres esquerdistas que devem ter feito de suas biografias papel higiênico, pois tem muita gente bacana ali na listinha que teve a mão molhada, com valores mais modestos do que os do il…

Zé Ruela?????

Esta semana não resisti, e, como bom brasileiro, acabei dando aquela zoada no caso do sr. Newton Ishii, a.k.a. Japonês da Federal. Ocorre que, além de ser o mais famoso papagaio de pirata midiático dos últimos tempos, presente em prisões de personalidades importantes nos últimos tempos, há um senão no famoso nissei. Conhecido como "Japonês Bonzinho" por personagens implicados em alguns escândalos, consta que o agente da Polícia Federal vendia informações secretas... Em 2003, o dito japonês da Federal foi preso por...contrabando, pois permitiu entrada de produtos "made in Paraguay" de forma não muito lícita.
Pausa.
A zoada aí tem um caráter de "poxa, esse daí prega moral de cuecas". Ou seja, o cara não tem nenhuma moral para virar ícone daqueles que acham que a dona Dilma deveria descer a rampa do Planalto e ir cuidar dos netos. Aliás, para virar ícone de ninguém. Aproveitando a famosa marchinha, dei aquela chamadinha no Facebook com o "se deu mal&q…

de quem estamos falando??

Imagem
Eles sempre estão atrás de um mestre desprezível e malvado para ir atrás.  Amam estar junto com seres capazes de maldades escrotas, verdadeiros tiranos, chamando-os de mestre.  Andam em bandos totalmente desorganizados, caóticos.  São amarelos e vestem-se de azul, semelhante ao uniforme da Seleção Brasileira.  Sua visão é míope, não enxergam muito longe.  Falam coisas em dialetos incompreensíveis para nós humanos.  Não demonstram muita inteligência crítica, aliás, nenhuma inteligência de nenhum tipo...




Afinal, estamos falando de mínions ou de coxinhas?

coxinha no almoço, coxinha no jantar...

Domingo teria tudo pra ser um dia bonito. Só que não. Um certo número de entidades convocou uma manifestação sobre a qual queria tecer algumas considerações, a fim de expor uma indignação contra o atual governo e o ex-presidente. Nisso tudo, some a exaltação às instituições jurídicas, tidas como guardiãs da "moral e bons costumes". Mas vamos analisar:

1. Uma estimativa apresentada hoje pela BandNews FM dava conta de que 78% dos que protestavam eram brancos. Tendo em vista que os brancos autodeclarados não chegam à metade dos brasileiros (dados IBGE: 45,9%) e que temos 43,1% de pardos, ou seja, o Brasil miscigenado de caboclos, cafuzos, mulatos, etc,, somando aí mais os 10% de negros autodeclarados, dá pra ver que os protestos não refletem exatamente a estrutura étnica brasileira. Em bom português, sem representatividade científica.
2. Um ponto positivo que vi na manifestação de Sampa foi a escorraçada que os tucanos Alkimista e Aecim tomara, aos gritos de "oportunista&q…

síndrome de Ofélia no Judiciário

"Eu só abro a boca quando eu tenho certeza!"
(Ofélia)


Pela primeira vez em trocentos anos, algo incrível: oposição e governo sentando o malho no estranho pedido de prisão preventiva ao ex-presidente e ex-deputado Luís Inácio Lula da Silva. O tal pedido repercutiu entre as principais lideranças políticas do Brasil, de todos os lados do espectro político. E a dona oposição, surpreendentemente, decidiu não referendar o pedido do promotor Cassio Conserino para que o ex-presidente seja preso. Foi reconhecido que não  há embasamento jurídico sólido no estranho pedido de prisão ao ex-presidente.Pesa a favor de Lula, conforme seus históricos opositores, os fatos de que ele é primário, tem residência fixa e não consta que esteja planejando fugir do país. Nos bastidores, os principais articuladores da oposição afirmam que um pedido de prisão preventiva de Lula sem “bases sólidas” seria, nesse momento, um desserviço.
Bom... pra coisa ter tomado essa dimensão até entre os opositore…

desumano???????????????????

Comentário de futebol é algo tão típico do serviço público quanto o café bem feito pela tia da cozinha. Ambos dão um gás pra quem tem um dia de licenciamentos, reuniões e outras coisas. No nosso ninho de trabalho, somos em número equilibrado de gremistas e colorados, mas a coisa flui democraticamente. Desse papo, veio à tona a declaração infeliz do capitão tricolor, o Maicon. O boleiro reclamou fortemente do cansaço do jogo, da série de jogos do tricolor, considerando "desumano" o ritmo de jogos...
Corta. Peraí. Estamos falando em futebol profissional. Em caras que passam por preparação física, apoio médico, nutricionista, fisioterapia, psicólogica, etc. Gente que é paparicada por uma torcida que, por baixo, capta metade dos gaúchos/as (a outra metade prefere o pessoal do estádio do Bergamotão, ali perto do Guaíba). Gente que, quando ascende a um clube de projeção, ganha um salário bem interessante, pelo menos maior do que a maioria dos brasileiros/as.. tudo bem, a maioria …

pra relaxar...

Imagem

coisas da legislação ambiental...

Tem coisas na legislação ambiental que, definitivamente, ultrapassam o senso lógico. Agora há pouco, a colega Mirian Marcolin me mostrava um pedido de um técnico relativo à instalação de uma microcervejaria. Microcervejarias são dessas coisas da modernidade que permitem que o sujeito que sempre curtiu uma ceva beeeem gelada vire seu próprio fornecedor, criando seus blends e sabores, deixando-a mais encorpada, mais delicada, enfim. 
Ocorre que, conforme as tabelas de classificação de atividades, não há diferenças entre o tiozinho que faz suas dez, doze garrafinhas, e uma gigante do ramo. Ambos são codificados com o CODRAM (código de ramo, traduzindo do ambientês) 2.710,10, como Fabricação de Cerveja, chope e malte. É considerada uma atividade de alto potencial poluidor pelo órgão ambiental estadual rio-grandense e pelo respectivo conselho estadual de meio ambiente.
Isso significa que, se você conhece uma vovozinha ou vovozinho que curte fazer aquela cervejinha preta adocicada caseirin…

e por falar em transgênicos...

Motivado pela blogada do amigo Chassot, resolvi dar uns pitacos na questão meio adormecida do uso de organismos geneticamente modificados, os populares transgênicos, e seus diversos impactos. Tem gente boa que acha maravilhoso esse recurso, que, além de permitir ao pesquisador brincar de Deus, lhe traria hipotéticas vantagens, pela inserção de genes alheios em organismos, sejam eles pés de soja, arroz, porcos ou camundongos.
A questão não é tão simples assim. Há vários senões a serem medidos. Se há possibilidades interessantes abertas pela manipulação genética, como a produção de insulina humana por bactérias e porquinhos, há outros questionamentos a serem feitos. Desde aspectos de saúde pública, ambiental e economia, vários impactos podem ser previstos a partir do uso de OGMs. E vamos combinar, todos sérios e de pouca repercussão positiva...
A pressão das empresas de biotecnologia em vender suas "facilidades" na forma de OGMs é típica de qualquer tipo de empresa dentro de…

Doutor Naná...

Imagem
"Lá vem a força, lá vem a magia, que me incendeia o corpo de alegria.
Lá vem a santa, maldita euforia, que me alucina, me joga e me rodopia.
Lá vem o canto, o berro da fera, lá vem a voz de qualquer primavera.
Lá vem a unha rasgando a garganta, a fome, a fúria, o sangue que já se levanta.
De onde vem essa coisa tão minha que me aquece e me faz carinho?
De onde vem essa coisa tão crua, que me acorda e me põe no meio da rua?
É um lamento, um canto mais puro que me ilumina a casa escura.
É minha força, é nossa energia que vem de longe prá nos fazer companhia.
É Clementina cantando bonito as aventuras do seu povo aflito.
É seu Francisco, boné e cachimbo, me ensinando que a luta é mesmo comigo.
Todas Marias, Maria Dominga, atraca Vilma e Tia Hercília.
É Monsueto e é Grande Otelo. Atraca, atraca que o Naná vem chegando"
(Raça, de Milton Nascimento e Fernando Brandt)


Perdemos nosso batuqueiro maior. Naná Vasconcello…

que final de semana!!

Bom...depois que sr. Da Silva foi acordado pela turma do sr. Moro, exposto na mídia de forma quase rapineira, já sentia que o final de semana do aniversário de três anos de minha Clarinha seria beeem cheio. O engraçado é que o helicoca do Aecim não deu todo esse ibope, nem tampouco as maracutaias do sr. Cunha. Pesos e medidas diferentes, acusações que, se merecem ser apuradas, que o sejam na dignidade, não desse jeito absurdo. Ninguém está acima da lei, mas pelo jeito alguns abençoados o estão. Que eu saiba, cocaína é de uso recreativo ilícito, e sonegar uma conta na Suíça não é bacana, diante do seu Leão. Pesos e medidas iguais são recomendáveis numa democracia, e não deixam um fedor de golpe no ar...
Sexta de noite. Um par de tapas na cara é desferido contra um dos integrantes daquele surreality show (da mesma empresa que vem patrocinando o processo de crucificação do sr. Da Silva, por sinal). A autora, uma patricete maleducada e grossa, que se orgulha de viver ao estilo VASP - va…

alucinei???

Ontem. Por volta das 21h20. Vendo a voz do dono, digo, Jornal Nacional. Após uma avalanche de notícias crucificando o atual governo federal e associados, vem o noticiário econômico. Destaco a invenção da BOBESPA pela Platinada... Juro que havia jantado leve, sem bebidas alcoólicas, alucinógenas ou coisas do gênero. MAs eu li. BOBESPA. Não li BOVESPA. Será que foi ato falho dos globais ou um recado, dizendo o que eles acham deste país? Pena que estava sem o celular por perto...

Fica a dúvida...

belas novidades...

Não foi só daquele golaço de ir pra antologia, feito pelo Bolaños ontem na vitória maiúscula do Grêmio diante da LDU. Outras duas notícias me fizeram reforçar minhas crenças na Humanidade.
Ontem, o COI - Comitê Olímpico Internacional - anunciou que haverá uma delegação de refugiados nos jogos do Rio deste ano. A ROA - Equipe de Atletas Olímpicos Refugiados, irá competir sob a bandeira olímpica, como uma nação a mais a reivindicar seu lugar ao sol, a mostrar seu talento e força nos jogos. O COI identificou 43 potenciais atletas, de uma equipe que poderá ter 10 competidores. Conforme Thomas Bach, presidente do COI, "ao acolher a ROA nos Jogos Olímpicos no Rio, queremos enviar uma mensagem de esperança para todos os refugiados do mundo. Não tendo nenhuma equipe nacional para pertencer, não tendo nenhuma bandeira para desfilar, não tendo nenhum hino nacional a ser tocado, esses refugiados serão bem-vindos aos Jogos Olímpicos com a bandeira olímpica e com o hino olímpico". …