Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2016

31 de agosto com cara de 31 de março...

Para refletir num 31 de agosto de 2016 que mais parece o 31/03/1964 (também conhecido como 01/04/1964), trago o que Ivan Lins e Vitor Martins uma vez escreveram:

Perdoem a cara amarrada
Perdoem a falta de abraço
Perdoem a falta de espaço
Os dias eram assim

Perdoem por tantos perigos
Perdoem a falta de abrigo
Perdoem a falta de amigos
Os dias eram assim

Perdoem a falta de folhas
Perdoem a falta de ar
Perdoem a falta de escolha
Os dias eram assim

E quando passarem a limpo
E quando cortarem os laços
E quando soltarem os cintos
Façam a festa por mim

Quando lavarem a mágoa
Quando lavarem a alma
Quando lavarem a água
Lavem os olhos por mim

Quando brotarem as flores
Quando crescerem as matas
Quando colherem os frutos
Digam o gosto pra mim

Dias de chumbo, o tempo chuvoso e choroso de Porto Alegre une-se à sua filha adotiva ora golpeada, com patrocínio de uma mídia manipuladora... E vemos os traidores regozijando-se, os lasieres, anamélias, aecins e outros monstros, a eles unidos a Imprensa Golpista, os capitães de…

Coração Cantor

Sempre que tua mente falar
Quando as ruas vem te chamar
Passo por rosas e espinhos
Por afrescos e grafitis dos muros

Teimo em insistir no falar
Tanto que se tem pra cantar
O violão em baixarias
Harmonizando a vida da gente

Coração poeta
Profeta, amante
Vem de volta à vida da gente

Loucos e cantores
Na alma, nas praças
Contando histórias da gente 

©Carlos Augusto Borba Meyer Normann, autor.

palpitando sobre futebol

Duas das mulheres mais coloradas que eu conheço fizeram aniversário juntas, dia 27. Camila, engenheira química da SEMAM, e minha prima Andrea Pinto, tão coloradas uma quanto a outra, de fazer altar pra São Fernandão e tudo, comemoraram seu "ano mais de vida" no último sábado. Beleza, parabéns, são duas queridas, em que pese eu me reserve ao direito gremístico de considerar meu time mais interessante que o delas, pronto, falei.
O divertido foi o presentaço que ambas ganharam. No domingão, após zoarem de meu time ter deixado o sr. Robinho solto na área, empatando um jogo contra o Atlético Mineiro em plena Arena, foi a vez delas comemorarem o gol de seu colorado, e a felicidade é vermelha. Os vermelhinhos do sul começaram legal, um gol aos 8 minutos do primeiro tempo, gol de pênalti. E, até os 44 do segundo tempo, eles comemoravam a primeira vitória em trocentos jogos. Eu disse até os 44 do segundo. 
Num instante, o Imponderável Futebol Clube, atendendo sob o codinome de Sport…

...Quando eu não estiver por perto, canta aquela música que a gente ria

Imagem
Pela marca que nos deixa
A ausência de som que emana das estrelas
Pela falta que nos faz
A nossa própria luz a nos orientar
Doido corpo que se move
É a solidão nos bares que a gente frequenta
Pela mágica do dia
Que independeria da gente pensar
Não me fale do seu medo
Eu conheço inteira sua fantasia
E é como se fosse pouca
E a tua alegria não fosse bastar
Quando eu não estiver por perto
Canta aquela música que a gente ria
É tudo que eu cantaria
E quando eu for embora, você cantará

...a felicidade sobe num balão

Imagem
No meio da noite
Na minha cidade
A felicidade
Sobe num balão
Na dança do vento
Ele sobe e samba
Vai pra cortia banba
Ou pro paquistão
Feito a doida lua
a lua morena
baila nas antenas
de televisão
meio bailarino
meu balão moderno
fogaréu no inverno
parece um verão
parece um verão
Ou algum navio
de papel de seda
uma labareda
na escuridão
Quase meia noite
na minha cidade
a felicidade
sobe num balão
No meio da noite
Na minha cidade
A felicidade
Sobe num balão
Na dança do vento
Ele sobe e samba
Vai pra cortia banba
Ou pro paquistão
Feito a doida lua
a lua morena
baila nas antenas
de televisão
meio bailarino
meu balão moderno
fogaréu no inverno
parece um verão
parece um verão
Ou algum navio
de papel de seda
uma labareda
na escuridão
Quase meia noite
na minha cidade
a felicidade
sobe num balão

(Nando e Geraldo Carneiro; voz de Beth Goulart...)

MAGIA

MAGIA
(Kleiton Ramil e Magro)

Quando vejo o dia amanhecer
Quando vejo anoitecer
Mágica, Música, Vejo você
Treme o lábio, treme o coração
Treme o corpo todo de emoção
Sólida, Súbita fascinação

Ser pra sempre o seu trovador
Ter pra sempre todo o seu calor
Navegar seu corpo e pouco a pouco
Descobrir os loucos ás do amor
Me entregar completamente assim
Saciar desejos e por fim
Derramar a vida, a mente
No seu corpo quente que geme por mim

Vem
Pálida, úmida, cálida
Ah
Vem arder, vem queimar e morrer

Mas, seu barco leva a minha paz
Parte em busca de outro cais
Se partiu, se levou, não volta mais
Só sobrou meu corpo na paixão
Naufragado em solidão
Chora o mar, chora o amor
Lamento em vão
Nunca mais serei o seu cantor
Nunca mais terei o seu calor
Nunca mais navegarei seu corpo
Nunca mais os loucos ás de amor
Me perdi completamente em mim
Sou um porto abandonado enfim
Mergulhei avidamente num mar de tristezas
Que não tem mais fim

bonito e (muito) pouco conhecido...

Imagem
Pra quem nunca ouviu, uma pérola. Pra quem conhece, também. Falo da música "Canção de Vida e Tarde", de Kleiton Ramil e do grande Luiz de Miranda. Foi defendida no 1o. Musicanto Sul-americano de Nativismo, em 1983, em Santa Rosa. O festival foi idealizado por Luis Carlos Borges, revelou gente do calibre de Lenine e outras grandes figuras da música brasileira e regional.
É um festival de características singulares, cosmopolita, integrador de culturas, aberto a todas manifestações da música do continente.
Na edição de 1983, o Canto Livre, grupo vocal que tinha entre seus integrantes o hoje Guri de Uruguaiana Jair Kobe, defendeu o lindo tema de Kleiton e Miranda. Levaram os prêmios de arranjo, arranjador pro Calique Ludwig, grupo vocal e, pro grande flautista que acompanhava o grupo, meu coleguinha de curso de Música no IPA, por sinal, e gente boa pra caramba, Pedrinho Figueiredo, o de melhor instrumentista/sopro. Merecidos!!!
Leia. Ouça. Apaixone-se pela delicadeza da melod…

olhe para os solitários...por diferentes jeitos

All the lonely people
Where do they all come from?
All the lonely people

Where do they all belong?

as gravações são dos ensaios de nosso grupo de Prática de Conjunto e Educação Musical, ministrada pelo prof. Ayres Potthoff. Além deste que vos tecla na flauta, temos o toque luxuoso do violão do grande Moisés Peres Ramos, o baixão da Alana Todero, o cello da Andréia Ribeiro e, dando o pulso (breve aqui a gravação oficial da trupe, onde ele faz a percussão), o Renan dos Santos.

cuidado: cães raivosos na rede

Há pouco fui ler uma matéria postada por Dom Orvandil Barbosa. Sou grato a ele por ter, num encontro de juvenis da igreja Metodista, lá nos idos de 1900 e lá vai tiro, ter feito ver que a fé cristã, a indignação com as mazelas da sociedade e o questionar sempre andam de mãos dadas. A vida deu suas voltas, mas Dom Orvandil segue sempre crítico, escrevendo muito, lecionando, pensando e ajudando a pensar.
Leio as matérias que ele colocou no portal Brasil 247 (http://www.brasil247.com/). Textos bem estruturados, argumentação sólida, para ler e pensar. Minha surpresa foi ver a quantidade absurda de gente que dedica tempo a ofendê-lo, e a quem concorda com suas ideias e ideais. O fel chega a escorrer pela tela do computador, tamanho o ódio coxinha que aparece a cada texto de Dom Orvandil. Expressões que nem sabia que eram usadas ainda, como "padre vermelho", "padreco de passeata" e outras ofensas são comuns nos textos garranchados por gente que, pelo jeito, prefere adquir…

orgulho!!!!

Pois de novo a surpresa de que fomos citados por uma pesquisadora estrangeira! No artigo "Efecto genotóxico del plaguicida fipronil en alevinos de "Gamitana" Colossoma macropomum en condiciones de laboratorio", de autoria de Alberto López, María Siles-Vallejos, Emily Toscano, Brighitte Melchor, Guillermo Alvarez, Vidalina Heredia e Violeta Norberto, há citação de nosso artigo de 2008, sobre o efeito do dicromato de potássio em cascudos. 
Tá, você pode estar achando que é esquisito pra caramba o sujeito se parar para escrever sobre o efeito desse composto sobre um peixe, logo em cascudo, e ter ainda mais, um bando de doidos que cita o referido trabalho. A partir de trabalhos de caráter de pesquisa básica, se descobre toda uma sorte de impactos sobre o ambiente, em relação à saúde, dando as pistas que precisamos para entender como os organismos são impactados pela poluição e outros tantos danos.
Nosso país, a partir do momento em que decide cortar incentivos à pesqu…

por um amigo, que a verdadeira Justiça se faça!

Eu transcrevo o texto, de lavra do rev. Sérgio Marcus Lopes, divulgado através da rede Metodista Confessante. Recentemente, um grande amigo foi vítima da caça às bruxas instalada neste país nos últimos anos, a serviço sabe-se lá de quem (ou sabemos).
No livro de Amós, está escrito: “vocês estão transformando o direito em amargura e atirando a justiça ao chão... Em vez disso, corra a retidão como um rio, a justiça como um ribeiro perene!” (Amós, capítulo 5, versículos 7 e 24).
"No último ano, a Polícia Federal deflagrou uma operação investigando esquemas de corrupção por parte de agentes públicos e grandes empresários em Governador Valadares (MG). Nesse período o nome do então secretário municipal de Educação Jaider Batista da Silva já havia sido envolvido no processo. Desde então, Jaider prestou-se a esclarecer os fatos, apresentando às autoridades judiciárias e policiais os documentos que comprovavam sua inocência.
No entanto, no último dia 10 de agosto de 2016, Jaider foi preso,…

dia dos Pais ao som de Guinga cantando a senhorinha Branca...

Imagem
Na semana passada, o professor e amigo Fernando Pereira, de Prática Instrumental V, nos trouxe essa pérola para estudo. O desafio de interpretar a partitura de Senhorinha, composição de Guinga e Paulo César Pinheiro só não é mais belo que a história da composição.
A música foi composta para uma das filhas do violonista, Branca Escobar. Hoje uma moça, na época, a menina estava muito doente, quase nem comia, definhando... Várias vezes, Branca quase morrera. Para um pai, algo indizível...as lágrimas não pedem licença ao pensar e escrever essa história.
Naquele dia, no entanto, algo aconteceu. Uma ida a uma fazenda fez uma reviravolta na saúde de Branca, que voltou a se alimentar, se divertir, sorrir... Renascendo. Trazendo uma indizível alegria ao músico e dentista.
O imenso talento de Guinga fez brotar a melodia. A história contada ao parceiro e amigo Paulo César Pinheiro trouxe a linda letra abaixo, falando da mocinha de fazenda, de tempos antigos, de um tempo de delicadeza.
Em tempo: Bran…

escrevendo a quatro mãos com a patroa...

Qual o sentido do processo de ensino e aprendizado na primeira infância, no âmbito escolar para criança/família?
Carlos Augusto Borba Meyer Normann Karina Amadori Stroschein Normann
A escola, seja na Educação Infantil, nas Séries Iniciais, em todo o processo de ensino e aprendizagem, é um espaço sagrado. É espaço de descobertas, construções, desconstruções e reconstruções, certezas e incertezas, amorosidade, porto seguro, significação individual/coletiva, inserção na realidade da sociedade em que vivemos (e aquela que desejamos). Na educação infantil, algo que parece óbvio, mas não é, para muitos e muitas educadores e educadoras: ser criança, permitir-se não roubar a infância das crianças com uma precoce "adultização" imposta pela sociedade, por uma precoce tomada de assalto ao mundo do consumo e do capital, do ter e não do ser.
Qual a educação que desejamos para nossas crianças? Educação transformadora, com significação, com troca de experiências/vivências a partir da realidad…

De fazer inveja a Wilson Fisk, Norman Osborn, Victor von Doom e Lex Luthor!

Imagem
Mas o sr. Donald Trump consegue superar sua truculenta imbecilidade... Conforme o que nos informa a agência Reuters, o candidato republicano à presidência dos EUA não conhece nenhum limite do bom senso. Nesta terça-feira (9), o megaempresário e megassemnoção sugeriu que, caso a democrata Hillary Clinton seja eleita, possa ser usada a famosa Segunda Emenda da constituição norteamericana para "que algo seja feito". Pros que não sabem, a Segunda Emenda é o famoso e estranho dispositivo constitucional que garante a posse de armas aos americanos... Medo!
A coisa é o seguinte: como presidenta, a sra. Clinton tem o direito de indicar membros da Suprema Corte. "Se ela puder escolher os seus juízes, não há nada o que fazer, pessoal", disse Trump em um evento eleitoral em Wilmington. "Contudo: a Segunda Emenda, pessoal, talvez haja algo. Eu não sei".

Não está claro o que realmente Trump quis dizer. Mas mesmo que o comentário tenha sido uma brincadeira, vá lá,…

ELE!!!

Imagem
Me perdoem, mas a zoada é inevitável.
Como gremista, vejo que os caras de vermelho lá da padre Cacique cometeram sua atitude mais desesperada possível. ELE foi chamado. Quem é ELE? Algumas dicas:

  ELE joga par ou ímpar com o espelho e perde. PEDINDO PAR!O maior feito na carreira de um jogador de futebol não é fazer 1000 gols. É ganhar um título com ELE no comando do time; Se ELE ainda não fez m...., é porque ele ainda não definiu a escalação; Em Shrek, o papel do burro caberia inicialmente a ELE. Mas o IBAMA, a SEDA, a SEMAM e a SMAM protestaram, alegando que era uma ofensa aos burros. Se você acertar em algo um dia, fique tranquilo, você obviamente não é ELE;ELE leva 90 minutos pra passar uma hora; A famosa frase de Einstein “Apenas uma coisa eu tenho certeza que é ilimitada: a ignorância humana” foi dita depois que ele conheceu ELE;ELE faz uma cebola chorar ELE foi reprovado num vestibular onde haviam 4 vagas por candidato. Quando ELE nasceu, o doutor em vez de dar um tapa nele, de…

despapãozando...

E Clarinha me pergunta pelo Bicho Papão, com carinha de susto..."paiê, o bicho-papão come criancinha?"
Resposta: "filha, o Bicho Papão é o seguinte, ele não come criancinha e, de noite, pega as roupas da irmã dele, bota uma peruca da Elsa (personagem de Frozen, pros não iniciados), usa a maquiagem da mamãe e sai dublando Village People!". Obviamente a Clarinha caiu na risada.
Prefiro um Bicho Papão desse jeito diferente, envolvendo questões de gênero, do que aquele avatar terrorista de assustar criancinhas!
Em tempo: Clara falou que iria contar a história do papai pros colegas da escolinha!!!

agosto...

Mês de cachorro louco tem disso...no mesmo final de semana em que o Grêmio comete aquele empate contra (ou a favor, sei lá) do América-MG, no mesmo domingo, 31 de julho, veio a notícia de que a querida atriz Letícia Sabatella é agredida por uma horda de coxinhas loucos e raivosos, que a chamavam de puta e outras palavrinhas de igual calão. Quero destacar essa afronta a uma grande atriz, que pelo jeito não pode nem mais ter opinião... Durante um ato a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff, em Curitiba, vaias e frases como “comunista! Cria vergonha” e “a nossa bandeira jamais será vermelha” vieram da boca dos hidrófobos. Em resposta, a atriz, conhecida pela posição firme e coerente, pela militância em prol da causa indígena e contrária ao impeachment disse: “Vocês não são democráticos”. A atriz teve que ser  cercada por policiais para evitar maiores agressões.  O detalhe é que as agressões foram gravadas e publicadas no perfil do Instagram da atriz. Em tempos de inst…