Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2016

Trenzinho Caipira

Imagem
Trenzinho Caipira, de Heitor Villa-Lobos, violão e voz, este que vos bloga, percussão e voz, com o parceiro e amigo Tobias Mazzotti (também conhecido como baterista da banda Catuípe). A letra é do grande Ferreira Gullar, falecido ontem (04/12/2016), escrita em Poema Sujo:

Lá vai o trem com o menino
Lá vai a vida a rodar
Lá vai ciranda e destino
Cidade noite a girar
Lá vai o trem sem destino
Pro dia novo encontrar
Correndo vai pela terra, vai pela serra, vai pelo mar
Cantando pela serra do luar
Correndo entre as estrelas a voar
No ar, no ar, no ar...

Sem dúvida, o tema é dos que mais atrai instrumentistas e coralistas jovens. A composição, como toda a obra de Villa-Lobos, transita entre o erudito e o popular. Já ganhou interessantes interpretações pelas vozes de Edu Lobo e Adriana Partimpim/Calcanhotto. É parte das Bachianas Brasileiras n. 2, uma das famosas peças de Villa com explícita inspiração em Bach, com o tempero da brasilidade, como que descrevendo o mover de um trem…

Chape...

Imagem
Luto. Pelo futebol bem jogado. Pela ousadia de criar o futebol profissional onde ele não existia, até os anos 70. Pelos títulos catarinenses, pela ascensão da série D para série A, em sucessivas e vitoriosas empreitadas. Pelos 5x0 em cima do Inter, 5x1 sobre o Atlético Mineiro, entre outros grandes resultados da Linguiça Atômica. Pelos ex jogadores do Grêmio, que estavam naquele avião, desde o técnico Caio Junior, o Mateus Biteco, e, claro, o Vesgo, o grande Mário Sérgio, herói de azuis e vermelhos em Porto Alegre...
Buscam as explicações. Prefiro desejar que Deus esteja com essas famílias, todas, com a torcida do time jovem e interiorano, de um estado sem as tradições futebolísticas em termos de número de títulos nacionais (em que pese seja o estado do Falcão, entre outros grandes boleiros), que ousou ser grande entre os grandões do futebol. Força, Chape!

utilidade pública de verdade

Pessoal, reparto o material abaixo, que recebi do meu chefe, o dr. Danilo Oliveira da Silva, sobre soltura de fauna silvestre. Às vezes, o impulso é de abrir gaiolas, mas nem sempre isso é possível. Leia com atenção!

"Com a promulgação da Lei Complementar 140 de 2011 e do Acordo de Cooperação Técnica 22/2013, celebrado entre IBAMA e esta Secretaria, o Setor de Fauna (DBIO/SEMA) passou a normatizar, monitorar, controlar e fiscalizar o uso e manejo da fauna silvestre, no âmbito de suas atribuições no Estado do Rio Grande do Sul.
Considerando a Portaria SEMA 177, de 30 de novembro de 2015, que estabelece normas e procedimentos pertinentes à destinação de fauna silvestre apreendida, resgatada ou entregue voluntariamente no RS, pede-se que os colaboradores envolvidos no manejo da fauna silvestre do RS sigam as orientações descritas abaixo:

- Animais destinados soltura imediata ou soltura pós-reabilitação:
A soltura imediata poderá ser realizada no momento da apreensão ou resgate desde qu…

sementes e suas lições para a gente

Pois é, minha comadre, a reverenda Cris Capeleti, pediu um texto sobre sementes, para embasar uma liturgia que ela fará. Beleza, compadre é pra essas coisas!

Sementes aparecem filogeneticamente nas plantas a partir das Gimnospermas, ou seja, os pinheiros e ciprestes, que apresentam as sementes sem um fruto verdadeiro, como são as Angiospermas. O pinhão é uma semente, e não uma fruta. Sementes apresentam a futura plantinha dentro de si, dormente, na forma de um embrião, esperando a hora certa de emergir, de germinar. Elas carregam consigo uma reserva rica de nutrientes para aguentar o tirão, na forma de amido ou de óleo, ou, como lembra o professor Angelo Cortelazzo, meu professor na UNICAMP na época do mestrado, há vários polímeros de açúcares diferentes servindo como reserva, além do conhecido amido. Cada tipo de semente apresenta uma quantidade e um tipo de reserva diferente.
As sementes usam diferentes estratégias para virar nova planta. Algumas estão em frutos comestíveis, co…

sigam nossas façanhas...

Pois o ilustre polenteiro-mor, também conhecido como governador do RS, quer acabar com a importantíssima pesquisa agropecuária num estado produtor agropecuário, quer acabar com o fomento à cultura regional, num estado fortemente impactado pelo seu regionalismo, quer acabar com a melhor rádio estatal do país, em termos de programação (que o digam os parceirinhos Gerson Pont, Demétrio Xavier e Paulo Moreira, que dão show de boa programação com excelente música em seus espaços na NOSSA FM Cultura), quer arrasar uma das maiores referências em pesquisa sobre biodiversidade no país, que é a FZB...
O estado do Rio Grande do Sul, por conta do canetaço do gringo, está para dar adeus a fundações com importantíssimo trabalho. Senão, vejamos: além da Fundação Piratini (TVE/FM Cultura), há que ver, num estado que cultua suas tradições, que o gringo quer fechar a FIGTF, ou seja, a fundação do instituto de Tradição e Folclore. Ou seja, o pessoal que pesquisa e trabalha sobre as tradições…

gratidão

Peguei de orelhada essa...e fiquei feliz. Uma aluna comentou com outra que, no último ENADE, caíra uma pergunta onde a temática era equilíbrio ácido-básico, e, nas palavras dela, "bah, caiu aquela parte de alcalose e acidose do tempo do prof Guto".
Pausa.
Respirada.
Aquele sorrisão de quem disse "eu falei?" várias vezes....
E o impagável, o querido, o desejado reconhecimento. Me lembrei, como não lembrar, da parábola do Semeador, e quando São Lucas comenta, no seu evangelho, capítulo 8:8, que "outra (semente) caiu em boa terra, e, nascida, produziu fruto, a cento por um. Dizendo ele estas coisas, clamava: Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.".
Em tempos tão danados que vivemos, uma fala como essa é como aquela bolsa quente sobre a lombar dolorida, ao fim do dia, ou aquela água geladinha na caminhada, ou aquele chimarrão do jeito certo durante o trabalho ou aula. É a vida voltando ao corpo. É esperar, perseverar, é ver a sementinha brotando, florescendo, f…

mico da vez

A pagação de mico brasileira voltou à pauta dos grandes eventos ambientais internacionais. Lá no distante 1972, durante a Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento e Meio Ambiente Humano, também conhecida como Conferência de Estocolmo, já houve uma tenebrosa participação do general Costa Cavalcanti, ministro do nefando governo Medici. O Brasil liderou o bloco de países em desenvolvimento que tinham posição de resistência ao reconhecimento da importância da problemática ambiental, sob o argumento (equivocado) de que a principal poluição era a miséria e que, portanto, se negavam a reconhecer o problema da explosão demográfica. A posição do Brasil era a de "Desenvolver primeiro e pagar os custos da poluição mais tarde", como declarou o Ministro Costa Cavalcanti, na ocasião. Algo em sintonia com o “milagre brasileiro” de Antonio Delfim Neto, l'ambassateur dix par cent na França, naquela época.
Com a desculpa esfarrapada de que era preciso produzir “mais alimentos,…

profetizado por Siouxsie and the Banshees nos anos 80

Em 1986, Siouxsie and the Banshees cantaram o tema abaixo, de autoria de . A letra descreve, em parábola aos tempos de então, a destruição de Pompeia pela  erupção do Vesúvio, em 79 AD. A letra usa imagens relativas à erupção, como que fazendo uma metáfora niilista, em tempos de Reagan e Tatcher:

"Water was running, children were running
You were running out of time
Under the mountain, a golden fountain
Were you praying at the lares shrine?
But your city lies in dust, my friend

We found you hiding -- we found you lying
Choking on the dirt and sand
Your former glories and all the stories
Dragged and washed with eager hands
But your city lies in dust, my friend
Your city lies in dust

Water was running, children were running
We found you hiding, we found you lying
Water was running; children were running
We found you hiding, we found you lying
Your city lies in dust, my friend

Hot and burning -- in your nostrils
Pouring down your gaping mouth
Your molten bodies -- blanket of cinders
Caught in the thro…

merecido!!!!

Uma notícia me alegra uma quarta-feira com céu de mau humor. Hoje, dia 16, às 14h, dentro da VII Semana da Consciência Negra da Assembleia Legislativa do RS, vai receber a Medalha Zumbi dos Palmares de 2016, em Sessão Solene, na Categoria Religiosos, o revmo. bispo Luiz Vergílio da Rosa. O bispão, com seus quase dois metros de simpatia, merece a medalha!  Quem é a ilustre pessoa? Pros não iniciados no metodismo e metodistas, o bispo Luiz Vergílio nasceu em 19 de março de 1953, em Cruz Alta, RS. Bacharel em Teologia pela Universidade Metodista de São Paulo (FATEO), licenciado em Português e Inglês - Língua e Literatura (FAPA), especializado em Literatura Brasileira pela mesma escola e Mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Em 2001, foi eleito e consagrado bispo da Segunda Região Eclesiástica da Igreja Metodista, atuando como tal desde 2002. Foi também professor da Rede Pública Estadual até o ano 2000, e do Instituto Teológico João Wesley, do qual foi também c…

princesinha pirata

Um dos atacantes mais carismáticos que passou pelo Grêmio nos últimos anos, Hernán Barcos é o gringo que mais estufou redes no meu tricolor, até hoje. Vindo do Palmeiras em 2013, fez muito pelo time, por sua torcida. Só que, em especial, por uma pequena torcedora, ele fez mesmo a diferença. 
Essa torcedora se chama Gabrieli Van Oudheusden Medeiros. Mora na pequena e simpática São Sepé.  No entanto, sua vida sofreu um revés pesado, em abril de 2012, quando, com apenas dois anos, Gabrieli foi diagnosticada com leucemia linfoide aguda. Câncer. Barra pesada. Tratamento, só em Santa Maria, a 60 quilômetros dali. Quando a coisa ficava feia, ou para se divertir, a pequena vestia sua camiseta do Grêmio. feliz e orgulhosa, no Hospital Universitário de Santa Maria Aí veio um desses milagres que só a internet poderia proporcionar. Em 2013, Gabrieli imitou no hospital a comemoração de pirata feita por Barcos. O pai fotografou, e a imagem viralizou na internet.
A imagem emocionou o gringo Ba…

nem a ficção poderia prever....

Imagem
Nos quadrinhos, o posto de presidente dos Estados Unidos já foi ocupado pelos piores tipos que os gibis podem gerar. O Caveira Vermelha, avatar nazista e arqui-inimigo do Capitão América já foi imaginado para a Casa Branca, assim como Lex Luthor, o calvo e sacana inimigo do Superman, o demônio Etrigan e versões quadrinhísticas de Richard Nixon e de Ronald Reagan. Aliás, o recém eleito mandatário norteamericano, Donald Trump, também foi retratado, em gibi e desenho animado, como presidente. Numa dessas versões, no seriado dos Simpsons, uma projeção xamânica feita a Bart Simpson num cassino indígena dá conta que sua irmã Lisa assumiu a Casa Branca com um rombo hipopotâmico deixado pelo dito. Não sei porque eu não me surpreendo... 
Outra menção é feita por Frank Miller. Se no primeiro "Cavaleiro das Trevas" Reagan aparece de forma quase caricata (como se o próprio não o fosse, o mesmo cara que nos chamou de "bolivianos"), outro ser ridículo, Donald Trump, aparece nas…

Magia

Um dos componentes mais queridos do MPB4 era o Magro Waghabi. Arranjador, compositor, tecladista, Antônio José Waghabi Filho faleceu em 2012. Era o responsável pelos belos e intrincados arranjos vocais do MPB4. Como compositor, uma de suas obras mais belas é a que contaremos aqui, chamada "Magia". A história dessa pérola que poucos conhecem na MPB é contada no site Vozes do Magro (https://vozesdomagro.wordpress.com/) pela Mônica Thiele Waghabi, companheira do falecido Magro Waghabi, do MPB4, sobre a parceria do Kleiton Ramil com o Magro, gravada em 1982 no LP “Tempo, Tempo”. 

O MPB4 gravou a música “Vira, Virou”, do Kleiton, todos conhecemos, gostamos, no LP de mesmo nome, aliás estampando a capa a linda letra dos guris de Pelotas, em 1980. Por ocasião da turnê de lançamento do disco, convidaram a dupla Kleiton & Kledir, na época ainda pouco conhecidos do público do centro do país (aqui eram da casa...), para fazerem uma participação nos shows e assim ganharem visi…

pra refletir...

Imagem
Curto muito Rita Lee. Desde as coisas da época dos Mutantes, a carreira solo, de "José", "Ovelha Negra", "Mania de Você" (cantada com o Bituca, é música de ouvir de joelhos!), tem muita coisa bacana que a cantora botou a voz, a caneta e as notinhas. Pois ela declarou recentemente como foi sua saída dos Mutantes. A expressão melhor é "como foi saída". Segundo ela declarou, Arnaldo Baptista teria dito que "a gente resolveu que a partir de agora você está fora dos Mutantes porque nós resolvemos seguir na linha progressiva-virtuose, e você não tem calibre como instrumentista". "Uma escarrada na cara seria menos humilhante", falou Rita. E segue: "em vez de me atirar de joelhos chorando e pedindo perdão por ter nascido mulher, fiz a silenciosa elegante. Me retirei da sala em clima dramático, fiz a mala, peguei Danny (a cadela) e adiós. No meio da estradinha da Cantareira (a banda tinha uma casa por lá), parei no acostam…

e elegem esse ser...

Imagem
Há alguns dias, o então candidato peessedebista e deputado estadual Jorge Pozzobom, no Conselho Municipal de Saúde da simpática cidade de Santa Maria declarou que, ao saber que sua empregada estava grávida do quarto filho, que lhe daria "um superbonder" para parar de ter filhos.


Não é zoeira. Tem audio disso na internet, dá pra ouvir o sujeito falar essas "gracinhas". O fato gerou repúdio, uma série de entidades levantou a voz contra essa barbárie, como está no site http://www.sul21.com.br/jornal/nota-de-repudio-a-declaracao-do-deputado-estadual-e-candidato-a-prefeito-de-santa-maria-rs-jorge-pozzobom-de-coletivos-de-mulheres-de-sm/ .
Se isso não bastasse, ele ficou conhecido por ter declarado, em 2015, que "por não ser petista, não corre o risco de ser preso". Legal. Então a justiça é seletiva quanto às filiações partidárias? Interessante...
O pior nisso tudo é que, depois de uma declaração tão absurdamente machista e misógina, elegem esse cara. Senho…